• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp

Info-bixo

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Segunda fase da Unesp começa sábado (13/6)

11 de Junho de 2015

Os 10.969 convocados para a segunda etapa do Vestibular Meio de Ano da Universidade Estadual Paulista (Unesp) serão avaliados sábado e domingo, 13 e 14 de junho. As provas serão aplicadas nas cidades de Bauru, Campinas, Dracena, Franca, Guaratinguetá, Ilha Solteira, Registro, São José do Rio Preto, São Paulo e Sorocaba. A capital e Bauru são as cidades com os maiores números de candidatos, 2.395 e 2.352, respectivamente. A consulta de local pode ser feita na página www.vunesp.com.br.

Os exames começam às 14 horas, mas os candidatos devem comparecer com uma hora de antecedência, portando o original de um dos seguintes documentos de identificação: Cédula de Identidade (RG); Carteira Nacional de Habilitação; Certificado Militar; Carteira de Trabalho e Previdência Social; Passaporte; Carteira de Órgão ou Conselho de Classe; Carteira de Identidade expedida pelas Forças Armadas, Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares. O material permitido para a prova consiste em lápis preto número dois, apontador, borracha, régua transparente e caneta esferográfica com tinta azul ou preta.

No primeiro dia, serão aplicadas 24 questões dissertativas de matérias das áreas de ciências humanas e ciências da natureza e matemática. No último dia, domingo (14/6), a avaliação consistirá em 12 questões dissertativas de linguagens e códigos e uma redação. O tempo de realização do exame será de 4h30 para cada dia.

O resultado do vestibular será divulgado em 16 de julho, nos sites da Unesp (vestibular.unesp.br) e da Vunesp. A partir do primeiro colocado, todos os candidatos que obtiverem classificação deverão confirmar interesse por vaga de 17 a 20 de julho, por meio do site da Vunesp.

A matrícula em primeira chamada está marcada para os dias 23 e 24 de julho, na unidade onde funciona o curso escolhido pelo candidato.
No Vestibular Meio de Ano 2015, o Sistema de Reserva de Vagas para a Educação Básica Pública (SRVEBP) garante um mínimo de 25% das vagas de cada curso para alunos que tenham feito todo o ensino médio em escola pública. Isso deve ampliar a proporção destes alunos nos cursos da Unesp. No Vestibular 2014, a proporção de matriculados egressos de escolas públicas foi de 40,7%.

Sobre a Unesp

A Universidade Estadual Paulista está presente em 24 cidades do Estado de São Paulo com 34 faculdades e institutos, onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão em todas as áreas do conhecimento. Fundada em 1976, a instituição oferece 183 cursos de graduação e 232 programas de pós-graduação. Tem 50.594 alunos (37.388 na graduação, 13.216 na pós stricto sensu e 992 na parceria entre Unesp e Univesp), 3.880 professores e 7.071 servidores técnico-administrativos. Possui cerca de 1.900 laboratórios. Oferece cursos pré-vestibulares gratuitos em suas unidades, bem como diversos programas de extensão de serviços à comunidade. Três escolas de ensino técnico são mantidas pela Universidade: o Colégio Técnico Industrial em Bauru, o Colégio Técnico Industrial em Guaratinguetá e o Colégio Técnico Agrícola em Jaboticabal.

Os 10.969 convocados para a segunda etapa do Vestibular Meio de Ano da Universidade Estadual Paulista (Unesp) serão avaliados sábado e domingo, 13 e 14 de junho. As provas serão aplicadas nas cidades de Bauru, Campinas, Dracena, Franca, Guaratinguetá, Ilha Solteira, Registro, São José do Rio Preto, São Paulo e Sorocaba. A capital e Bauru são as cidades com os maiores números de candidatos, 2.395 e 2.352, respectivamente. A consulta de local pode ser feita na página www.vunesp.com.br.

Os exames começam às 14 horas, mas os candidatos devem comparecer com uma hora de antecedência, portando o original de um dos seguintes documentos de identificação: Cédula de Identidade (RG); Carteira Nacional de Habilitação; Certificado Militar; Carteira de Trabalho e Previdência Social; Passaporte; Carteira de Órgão ou Conselho de Classe; Carteira de Identidade expedida pelas Forças Armadas, Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares. O material permitido para a prova consiste em lápis preto número dois, apontador, borracha, régua transparente e caneta esferográfica com tinta azul ou preta.

No primeiro dia, serão aplicadas 24 questões dissertativas de matérias das áreas de ciências humanas e ciências da natureza e matemática. No último dia, domingo (14/6), a avaliação consistirá em 12 questões dissertativas de linguagens e códigos e uma redação. O tempo de realização do exame será de 4h30 para cada dia.

O resultado do vestibular será divulgado em 16 de julho, nos sites da Unesp (vestibular.unesp.br) e da Vunesp. A partir do primeiro colocado, todos os candidatos que obtiverem classificação deverão confirmar interesse por vaga de 17 a 20 de julho, por meio do site da Vunesp.

A matrícula em primeira chamada está marcada para os dias 23 e 24 de julho, na unidade onde funciona o curso escolhido pelo candidato.
No Vestibular Meio de Ano 2015, o Sistema de Reserva de Vagas para a Educação Básica Pública (SRVEBP) garante um mínimo de 25% das vagas de cada curso para alunos que tenham feito todo o ensino médio em escola pública. Isso deve ampliar a proporção destes alunos nos cursos da Unesp. No Vestibular 2014, a proporção de matriculados egressos de escolas públicas foi de 40,7%.

Sobre a Unesp

A Universidade Estadual Paulista está presente em 24 cidades do Estado de São Paulo com 34 faculdades e institutos, onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão em todas as áreas do conhecimento. Fundada em 1976, a instituição oferece 183 cursos de graduação e 232 programas de pós-graduação. Tem 50.594 alunos (37.388 na graduação, 13.216 na pós stricto sensu e 992 na parceria entre Unesp e Univesp), 3.880 professores e 7.071 servidores técnico-administrativos. Possui cerca de 1.900 laboratórios. Oferece cursos pré-vestibulares gratuitos em suas unidades, bem como diversos programas de extensão de serviços à comunidade. Três escolas de ensino técnico são mantidas pela Universidade: o Colégio Técnico Industrial em Bauru, o Colégio Técnico Industrial em Guaratinguetá e o Colégio Técnico Agrícola em Jaboticabal.