• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp

Info-bixo

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Inscrições para a Fuvest: respostas para 5 dúvidas comuns

05 de Setembro de 2016

Se você vai prestar a Fuvest – as inscrições terminam na próxima quinta-feira, dia 8 de setembro –, provavelmente já deve ter baixado o Manual do Candidato 2017.
Apesar de ser um documento extenso (são mais de 150 páginas!), é recomendável fazer uma leitura atenta, pois ele tem informações importantes. Para facilitar a sua vida, porém, nós já fizemos isso e listamos pontos fundamentais que você precisa conhecer antes de fazer sua inscrição. Veja a seguir:

1) Posso me inscrever em mais de um curso?

Depende da carreira que você escolheu. Algumas carreiras têm apenas uma única opção de curso. Outras, várias opções. Por exemplo: a carreira de “Psicologia” (carreira 550) possui só um curso. Já na carreira “Engenharia da Escola Politécnica” (carreira 775) há mais de dez cursos. Quando há várias opções, você pode escolher até 4 cursos, por ordem de preferência.

2) Eu me arrependi da escolha que fiz. Dá para mudar minha opção de carreira e curso após finalizar a inscrição?

Sim. É possível alterar as opções de carreira e curso até um dia depois do final das inscrições, ou seja, até às 23h59 da sexta-feira, dia 9 de setembro de 2016.

3) Sou aluno de escola pública e pertencente ao grupo PPI (cor ou raça preta, parda ou indígena). Tenho direito a algum benefício, como bonificação?

Sim! E é no momento da inscrição que você vai informar que estudou na rede pública de ensino e declarar que deseja participar do Sistema de Pontuação Acrescida – o Programa de Inclusão Social da USP (Inclusp). Por esse programa, você terá direito a um bônus de 12% a 25% na nota.

>> Leia mais sobre as bonificações da USP aqui.

4) É possível me inscrever para o vestibular da USP por meio da Fuvest e do Sisu simultaneamente? Ou tenho que optar por um ou outro?

Desde o vestibular 2016, há dois caminhos para ingressar na USP: por meio da Fuvest e por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC). É possível sim se inscrever para a Fuvest e para o Sisu paralelamente, inclusive para o mesmo curso, pois são dois processos seletivos independentes. Porém, é permitido ter apenas uma matrícula na USP.

5) Como funciona o processo de reescolha de curso?

Depois das seis primeiras listas de chamadas para matrícula (que serão divulgadas de 2 de fevereiro a 10 de março de 2017), as duas últimas chamadas (7ª e 8ª chamadas, a ser divulgadas em 15 de março e 22 de março, respectivamente) correspondem ao processo de reescolha.

Nessas etapas, os candidatos não matriculados e que não tenham sido eliminados do vestibular podem se candidatar às vagas ainda não preenchidas, inclusive de cursos diferentes em relação à carreira escolhida inicialmente. É preciso, no entanto, verificar as restrições de cada curso, que são divulgadas na “Tabela de Restrições para Reescolha de Opção de Curso”, no site www.fuvest.com.br, durante esse período.

2) Eu me arrependi da escolha que fiz. Dá para mudar minha opção de carreira e curso após finalizar a inscrição?

Sim. É possível alterar as opções de carreira e curso até um dia depois do final das inscrições, ou seja, até às 23h59 da sexta-feira, dia 9 de setembro de 2016.

3) Sou aluno de escola pública e pertencente ao grupo PPI (cor ou raça preta, parda ou indígena). Tenho direito a algum benefício, como bonificação?

Sim! E é no momento da inscrição que você vai informar que estudou na rede pública de ensino e declarar que deseja participar do Sistema de Pontuação Acrescida – o Programa de Inclusão Social da USP (Inclusp). Por esse programa, você terá direito a um bônus de 12% a 25% na nota.

>> Leia mais sobre as bonificações da USP aqui.

4) É possível me inscrever para o vestibular da USP por meio da Fuvest e do Sisu simultaneamente? Ou tenho que optar por um ou outro?

Desde o vestibular 2016, há dois caminhos para ingressar na USP: por meio da Fuvest e por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC). É possível sim se inscrever para a Fuvest e para o Sisu paralelamente, inclusive para o mesmo curso, pois são dois processos seletivos independentes. Porém, é permitido ter apenas uma matrícula na USP.

5) Como funciona o processo de reescolha de curso?

Depois das seis primeiras listas de chamadas para matrícula (que serão divulgadas de 2 de fevereiro a 10 de março de 2017), as duas últimas chamadas (7ª e 8ª chamadas, a ser divulgadas em 15 de março e 22 de março, respectivamente) correspondem ao processo de reescolha. Nessas etapas, os candidatos não matriculados e que não tenham sido eliminados do vestibular podem se candidatar às vagas ainda não preenchidas, inclusive de cursos diferentes em relação à carreira escolhida inicialmente. É preciso, no entanto, verificar as restrições de cada curso, que são divulgadas na “Tabela de Restrições para Reescolha de Opção de Curso”, no site www.fuvest.com.br, durante esse período.

Se você vai prestar a Fuvest – as inscrições terminam na próxima quinta-feira, dia 8 de setembro –, provavelmente já deve ter baixado o Manual do Candidato 2017.
Apesar de ser um documento extenso (são mais de 150 páginas!), é recomendável fazer uma leitura atenta, pois ele tem informações importantes. Para facilitar a sua vida, porém, nós já fizemos isso e listamos pontos fundamentais que você precisa conhecer antes de fazer sua inscrição. Veja a seguir:

1) Posso me inscrever em mais de um curso?

Depende da carreira que você escolheu. Algumas carreiras têm apenas uma única opção de curso. Outras, várias opções. Por exemplo: a carreira de “Psicologia” (carreira 550) possui só um curso. Já na carreira “Engenharia da Escola Politécnica” (carreira 775) há mais de dez cursos. Quando há várias opções, você pode escolher até 4 cursos, por ordem de preferência.

2) Eu me arrependi da escolha que fiz. Dá para mudar minha opção de carreira e curso após finalizar a inscrição?

Sim. É possível alterar as opções de carreira e curso até um dia depois do final das inscrições, ou seja, até às 23h59 da sexta-feira, dia 9 de setembro de 2016.

3) Sou aluno de escola pública e pertencente ao grupo PPI (cor ou raça preta, parda ou indígena). Tenho direito a algum benefício, como bonificação?

Sim! E é no momento da inscrição que você vai informar que estudou na rede pública de ensino e declarar que deseja participar do Sistema de Pontuação Acrescida – o Programa de Inclusão Social da USP (Inclusp). Por esse programa, você terá direito a um bônus de 12% a 25% na nota.

>> Leia mais sobre as bonificações da USP aqui.

4) É possível me inscrever para o vestibular da USP por meio da Fuvest e do Sisu simultaneamente? Ou tenho que optar por um ou outro?

Desde o vestibular 2016, há dois caminhos para ingressar na USP: por meio da Fuvest e por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC). É possível sim se inscrever para a Fuvest e para o Sisu paralelamente, inclusive para o mesmo curso, pois são dois processos seletivos independentes. Porém, é permitido ter apenas uma matrícula na USP.

5) Como funciona o processo de reescolha de curso?

Depois das seis primeiras listas de chamadas para matrícula (que serão divulgadas de 2 de fevereiro a 10 de março de 2017), as duas últimas chamadas (7ª e 8ª chamadas, a ser divulgadas em 15 de março e 22 de março, respectivamente) correspondem ao processo de reescolha.

Nessas etapas, os candidatos não matriculados e que não tenham sido eliminados do vestibular podem se candidatar às vagas ainda não preenchidas, inclusive de cursos diferentes em relação à carreira escolhida inicialmente. É preciso, no entanto, verificar as restrições de cada curso, que são divulgadas na “Tabela de Restrições para Reescolha de Opção de Curso”, no site www.fuvest.com.br, durante esse período.

2) Eu me arrependi da escolha que fiz. Dá para mudar minha opção de carreira e curso após finalizar a inscrição?

Sim. É possível alterar as opções de carreira e curso até um dia depois do final das inscrições, ou seja, até às 23h59 da sexta-feira, dia 9 de setembro de 2016.

3) Sou aluno de escola pública e pertencente ao grupo PPI (cor ou raça preta, parda ou indígena). Tenho direito a algum benefício, como bonificação?

Sim! E é no momento da inscrição que você vai informar que estudou na rede pública de ensino e declarar que deseja participar do Sistema de Pontuação Acrescida – o Programa de Inclusão Social da USP (Inclusp). Por esse programa, você terá direito a um bônus de 12% a 25% na nota.

>> Leia mais sobre as bonificações da USP aqui.

4) É possível me inscrever para o vestibular da USP por meio da Fuvest e do Sisu simultaneamente? Ou tenho que optar por um ou outro?

Desde o vestibular 2016, há dois caminhos para ingressar na USP: por meio da Fuvest e por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC). É possível sim se inscrever para a Fuvest e para o Sisu paralelamente, inclusive para o mesmo curso, pois são dois processos seletivos independentes. Porém, é permitido ter apenas uma matrícula na USP.

5) Como funciona o processo de reescolha de curso?

Depois das seis primeiras listas de chamadas para matrícula (que serão divulgadas de 2 de fevereiro a 10 de março de 2017), as duas últimas chamadas (7ª e 8ª chamadas, a ser divulgadas em 15 de março e 22 de março, respectivamente) correspondem ao processo de reescolha. Nessas etapas, os candidatos não matriculados e que não tenham sido eliminados do vestibular podem se candidatar às vagas ainda não preenchidas, inclusive de cursos diferentes em relação à carreira escolhida inicialmente. É preciso, no entanto, verificar as restrições de cada curso, que são divulgadas na “Tabela de Restrições para Reescolha de Opção de Curso”, no site www.fuvest.com.br, durante esse período.