Info-bixo

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Unicamp divulga locais de prova da 1ª fase do Vestibular 2017

27 de Outubro de 2016

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou nesta quinta-feira (27) os locais de prova para a 1ª fase do vestibular 2017. A consulta pode ser feita pelo site da Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest), digitando o nome ou o número da inscrição.

LINK

As primeiras provas acontecem no dia 20 de novembro. A Comvest informou que enviou uma mensagem para todas as pessoas inscritas com a informação do local da prova. Ao todo são 73.487 candidatos para disputar 3.320 vagas em 70 cursos de graduação.

Mais cidades aplicam prova

No estado de São Paulo, a Unicamp vai aplicar, este ano, as provas em quatro novas cidades, além das habituais. São elas: Botucatu, Bragança Paulista, Marília e Registro.

As demais que terão o vestibular são: Araçatuba, Avaré, Bauru, Campinas, Franca, Guaratinguetá, Guarulhos, Jundiaí, Limeira, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba e Sumaré.

No DF, Brasília também é uma opção para os candidatos que desejam estudar em Campinas. [Veja ao lado o calendário do vestibular 2017.

A universidade orienta os candidatos a fazerem o percurso até os destinos para evitarem atrasos e outros problemas no dia do exame.

Portões abrem às 12h

Os inscritos devem chegar ao local para fazer a prova às 12h, mas só conseguirão acessar as salas específicas às 12h30. Os portões fecham às 13h.

Mais questões na prova esse ano

Este ano o vestibular terá uma novidade: oito questões interdisciplinares a mais do que no ano passado, totalizando 12 questões.

A primeira fase conta com 90 questões de múltipla escola, sendo 13 de língua portuguesa e literaturas de língua portuguesa, 13 de matemática, 9 de história e 9 de geografia, incluindo filosofia e sociologia.

Também haverá 9 questões de física, 9 de química, 9 de biologia, 7 de inglês, além das 12 interdisciplinares. Cada questão possui quatro alternativas para o candidato marcar.

O tempo máximo para realizar a prova é de cinco horas, e os estudantes que acabarem mais cedo podem sair após três horas e 30 minutos do início do exame.

O que levar

No dia da prova, os inscritos devem levar o documento de identidade original que foi indicado na inscrição, canetas de tinta preta e corpo transparente, lápis preto e borracha. O uso de régua transparente e compasso será permitido.

De acordo com a organização do exame, os candidatos não podem utilizar aparelhos celulares ou outros equipamentos eletrônicos, além de relógios digitais, corretivo líquido, lapiseira, caneta marca texto, bandana ou lenço, boné, chapéu, e outros materiais estranhos à prova.

O candidato poderá usar relógio para controlar o tempo, mas eles deverão ficar no chão, ao lado da carteira apenas para consultar a hora. Embalagens fornecidas pela Comvest podem ser usadas pelos vestibulandos para guardar os aparelhos celulares desligados.
Água, sucos, doces, uso de bermudas e vestimentas leves estão permitidos.

Fonte: g1.globo.com/sp/campinas-regiao/

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou nesta quinta-feira (27) os locais de prova para a 1ª fase do vestibular 2017. A consulta pode ser feita pelo site da Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest), digitando o nome ou o número da inscrição.

LINK

As primeiras provas acontecem no dia 20 de novembro. A Comvest informou que enviou uma mensagem para todas as pessoas inscritas com a informação do local da prova. Ao todo são 73.487 candidatos para disputar 3.320 vagas em 70 cursos de graduação.

Mais cidades aplicam prova

No estado de São Paulo, a Unicamp vai aplicar, este ano, as provas em quatro novas cidades, além das habituais. São elas: Botucatu, Bragança Paulista, Marília e Registro.

As demais que terão o vestibular são: Araçatuba, Avaré, Bauru, Campinas, Franca, Guaratinguetá, Guarulhos, Jundiaí, Limeira, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba e Sumaré.

No DF, Brasília também é uma opção para os candidatos que desejam estudar em Campinas. [Veja ao lado o calendário do vestibular 2017.

A universidade orienta os candidatos a fazerem o percurso até os destinos para evitarem atrasos e outros problemas no dia do exame.

Portões abrem às 12h

Os inscritos devem chegar ao local para fazer a prova às 12h, mas só conseguirão acessar as salas específicas às 12h30. Os portões fecham às 13h.

Mais questões na prova esse ano

Este ano o vestibular terá uma novidade: oito questões interdisciplinares a mais do que no ano passado, totalizando 12 questões.

A primeira fase conta com 90 questões de múltipla escola, sendo 13 de língua portuguesa e literaturas de língua portuguesa, 13 de matemática, 9 de história e 9 de geografia, incluindo filosofia e sociologia.

Também haverá 9 questões de física, 9 de química, 9 de biologia, 7 de inglês, além das 12 interdisciplinares. Cada questão possui quatro alternativas para o candidato marcar.

O tempo máximo para realizar a prova é de cinco horas, e os estudantes que acabarem mais cedo podem sair após três horas e 30 minutos do início do exame.

O que levar

No dia da prova, os inscritos devem levar o documento de identidade original que foi indicado na inscrição, canetas de tinta preta e corpo transparente, lápis preto e borracha. O uso de régua transparente e compasso será permitido.

De acordo com a organização do exame, os candidatos não podem utilizar aparelhos celulares ou outros equipamentos eletrônicos, além de relógios digitais, corretivo líquido, lapiseira, caneta marca texto, bandana ou lenço, boné, chapéu, e outros materiais estranhos à prova.

O candidato poderá usar relógio para controlar o tempo, mas eles deverão ficar no chão, ao lado da carteira apenas para consultar a hora. Embalagens fornecidas pela Comvest podem ser usadas pelos vestibulandos para guardar os aparelhos celulares desligados.
Água, sucos, doces, uso de bermudas e vestimentas leves estão permitidos.

Fonte: g1.globo.com/sp/campinas-regiao/