• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp

Info-bixo

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Sabe responder as 2 questões de português mais difíceis do Enem?

09 de Novembro de 2016

Duas questões da prova de ciências da linguagem e suas tecnologias do Enem 2016 chamaram atenção pelo grau de dificuldade apresentado.

As questões 113 e 116 da prova rosa (98 na cinza, 134 na amarela, 116 na azul; 123 na cinza, 108 na amarela, 113 na azul) traziam poemas dos autores contemporâneos Ana Cristina Cesar e Armando Freitas Filho.

Para o professor Antunes Rafael dos Santos, do cursinho Oficina do Estudante, a questão 113 possui um grau de dificuldade elevado devido à sua construção e também porque o candidato precisaria entender um pouco sobre os gêneros que compõem a poesia para respondê-la.

"Se tornou uma questão difícil porque, se o candidato não prestasse atenção ao fato de que o texto elenca os diversos gêneros e depois se concentra no gênero lírico, ele poderia cair em erro", explica.

Já a questão 116, para o professor Antunes, apresenta um grau de dificuldade elevado por trazer um poema metalinguístico.

"É um poema que fala sobre o ato de escrever em si, com presença de linguagens figuradas para representar esse ato. Se o aluno ficasse preso somente ao sentido denotativo das palavras, ele teria muita dificuldade em responder", afirma.

"São questões que não estão fora do esperado no Enem, que exigem leitura e interpretação do candidato. Pode ser que ele tenha perdido um pouco mais de tempo nelas, mas nada que invalidaria a presença dessas questões no exame", conclui o professor Antunes.

Gabaritos

Sem ter conhecimento do gabarito oficial das questões, já que ele será divulgado apenas nesta quarta-feira (9), os cursinhos debatem gabaritos extraoficiais, feitos por seus próprios professores.

"Para a questão 113 consideramos como correta a alternativa C porque há uma predominância, no texto, de temas relacionados à morte. Na questão 116, a gente percebe que todas as alternativas tratam exatamente do ato em si de escrita. Porém, o uso de alguns adjetivos acaba invalidando algumas alternativas, e nos resta a alternativa A", explica o professor Antunes.

O gabarito extraoficial do UOL, aponta a alternativa D como resposta para a questão 113. Para a questão 116, a alternativa correta seria a C.

Fonte: Ana Carla Bermúdez/ UOL

Duas questões da prova de ciências da linguagem e suas tecnologias do Enem 2016 chamaram atenção pelo grau de dificuldade apresentado.

As questões 113 e 116 da prova rosa (98 na cinza, 134 na amarela, 116 na azul; 123 na cinza, 108 na amarela, 113 na azul) traziam poemas dos autores contemporâneos Ana Cristina Cesar e Armando Freitas Filho.

Para o professor Antunes Rafael dos Santos, do cursinho Oficina do Estudante, a questão 113 possui um grau de dificuldade elevado devido à sua construção e também porque o candidato precisaria entender um pouco sobre os gêneros que compõem a poesia para respondê-la.

"Se tornou uma questão difícil porque, se o candidato não prestasse atenção ao fato de que o texto elenca os diversos gêneros e depois se concentra no gênero lírico, ele poderia cair em erro", explica.

Já a questão 116, para o professor Antunes, apresenta um grau de dificuldade elevado por trazer um poema metalinguístico.

"É um poema que fala sobre o ato de escrever em si, com presença de linguagens figuradas para representar esse ato. Se o aluno ficasse preso somente ao sentido denotativo das palavras, ele teria muita dificuldade em responder", afirma.

"São questões que não estão fora do esperado no Enem, que exigem leitura e interpretação do candidato. Pode ser que ele tenha perdido um pouco mais de tempo nelas, mas nada que invalidaria a presença dessas questões no exame", conclui o professor Antunes.

Gabaritos

Sem ter conhecimento do gabarito oficial das questões, já que ele será divulgado apenas nesta quarta-feira (9), os cursinhos debatem gabaritos extraoficiais, feitos por seus próprios professores.

"Para a questão 113 consideramos como correta a alternativa C porque há uma predominância, no texto, de temas relacionados à morte. Na questão 116, a gente percebe que todas as alternativas tratam exatamente do ato em si de escrita. Porém, o uso de alguns adjetivos acaba invalidando algumas alternativas, e nos resta a alternativa A", explica o professor Antunes.

O gabarito extraoficial do UOL, aponta a alternativa D como resposta para a questão 113. Para a questão 116, a alternativa correta seria a C.

Fonte: Ana Carla Bermúdez/ UOL