Info-bixo

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa vai deixar o vestibular da Fuvest

05 de Julho de 2017

A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo vai deixar de utilizar o vestibular da Fuvest para selecionar candidatos para o curso de medicina a partir deste ano.

De 1988 até o ano passado, a instituição usava a mesma prova que seleciona alunos para a Universidade de São Paulo (USP).

Em 2016, disponibilizou 120 vagas em medicina para serem preenchidas via Fuvest.

A desvinculação com a Fuvest já foi aprovada na Congregação da USP, mas para vigorar ainda precisa passar por uma nova votação.

A Fuvest informou que foi avisada pela diretoria da Faculdade Santa Casa, no mês de maio, que a instituição não participaria do vestibular 2018 organizado pela Fundação.

"O motivo são necessidades internas da faculdade para o preenchimento de suas vagas no curso de medicina que não poderiam ser atendidas, neste momento, pela Fuvest", diz o texto.

A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa informou que não vai comentar a mudança.

Candidatos que procuram o atendimento telefônico da faculdade são informados que ainda não há data ou formato definido para o próximo vestibular.

A seleção para os demais cursos da instituição como enfermagem, fonoaudiologia e tecnologia em radiologia já é feita por um vestibular próprio da Santa Casa.

A faculdade é privada, uma das mais tradicionais do país, e está inserida no complexo da Irmandade de Misericórdia da Santa Casa de São Paulo, que inclui o Hospital Central.

Há a expectativa de que o vestibular para medicina passe a ser aplicado pela Fundação Vunesp, que já é responsável pelas provas de residência médica da Santa Casa de São Paulo, além de outros processos seletivos, como o da Universidade Estadual Paulista (Unesp). A Vunesp, no entanto, não confirma a informação.

Em 2010, a Academia de Polícia Militar do Barro Branco seguiu o mesmo caminho, ela também selecionava alunos via Fuvest e passou a aplicar um vestibular independente.

Créditos: G1

A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo vai deixar de utilizar o vestibular da Fuvest para selecionar candidatos para o curso de medicina a partir deste ano.

De 1988 até o ano passado, a instituição usava a mesma prova que seleciona alunos para a Universidade de São Paulo (USP).

Em 2016, disponibilizou 120 vagas em medicina para serem preenchidas via Fuvest.

A desvinculação com a Fuvest já foi aprovada na Congregação da USP, mas para vigorar ainda precisa passar por uma nova votação.

A Fuvest informou que foi avisada pela diretoria da Faculdade Santa Casa, no mês de maio, que a instituição não participaria do vestibular 2018 organizado pela Fundação.

"O motivo são necessidades internas da faculdade para o preenchimento de suas vagas no curso de medicina que não poderiam ser atendidas, neste momento, pela Fuvest", diz o texto.

A Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa informou que não vai comentar a mudança.

Candidatos que procuram o atendimento telefônico da faculdade são informados que ainda não há data ou formato definido para o próximo vestibular.

A seleção para os demais cursos da instituição como enfermagem, fonoaudiologia e tecnologia em radiologia já é feita por um vestibular próprio da Santa Casa.

A faculdade é privada, uma das mais tradicionais do país, e está inserida no complexo da Irmandade de Misericórdia da Santa Casa de São Paulo, que inclui o Hospital Central.

Há a expectativa de que o vestibular para medicina passe a ser aplicado pela Fundação Vunesp, que já é responsável pelas provas de residência médica da Santa Casa de São Paulo, além de outros processos seletivos, como o da Universidade Estadual Paulista (Unesp). A Vunesp, no entanto, não confirma a informação.

Em 2010, a Academia de Polícia Militar do Barro Branco seguiu o mesmo caminho, ela também selecionava alunos via Fuvest e passou a aplicar um vestibular independente.

Créditos: G1