Oficina temática

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

EXCLUSÃO SOCIAL

23 de Agosto de 2005

A primeira Oficina Temática de 2002 teve como tema “Exclusão Social”. Realizada no dia 5 de maio, um Domingo, a atividade contou com a participação de alunos e professores e foi muito elogiada por todos.
Durante a manhã, os alunos visitaram o Assentamento 1 de Sumaré, uma vila de “ex sem-terras”, na qual assistiram uma palestra do líder do assentamento sobre reforma agrária e o funcionamento do local, percorreram as instalações e alqueires e até compraram horti-fruti produzidos diretamente por eles.

Durante a manhã, os alunos visitaram o Assentamento 1 de Sumaré, uma vila de “ex sem-terras”, na qual assistiram uma palestra do líder do assentamento sobre reforma agrária e o funcionamento do local, percorreram as instalações e alqueires e até compraram horti-fruti produzidos diretamente por eles.

À tarde, no Parque Ecológico, os vestibulandos reuniram-se, após o almoço comunitário, para atividades interdisciplinares. Trechos selecionados de filmes e atividades práticas e teóricas preencheram o período, que culminou com um show de rap e a distribuição de um “sopão”, feito com alimentos desperdiçados de varejões.
Aguarde: a próxima Oficina Temática já está agendada para o final de junho.


WWW.OFICINADOESTUDANTE.COM.BR


A primeira Oficina Temática de 2002 teve como tema “Exclusão Social”. Realizada no dia 5 de maio, um Domingo, a atividade contou com a participação de alunos e professores e foi muito elogiada por todos.
Durante a manhã, os alunos visitaram o Assentamento 1 de Sumaré, uma vila de “ex sem-terras”, na qual assistiram uma palestra do líder do assentamento sobre reforma agrária e o funcionamento do local, percorreram as instalações e alqueires e até compraram horti-fruti produzidos diretamente por eles.

Durante a manhã, os alunos visitaram o Assentamento 1 de Sumaré, uma vila de “ex sem-terras”, na qual assistiram uma palestra do líder do assentamento sobre reforma agrária e o funcionamento do local, percorreram as instalações e alqueires e até compraram horti-fruti produzidos diretamente por eles.

À tarde, no Parque Ecológico, os vestibulandos reuniram-se, após o almoço comunitário, para atividades interdisciplinares. Trechos selecionados de filmes e atividades práticas e teóricas preencheram o período, que culminou com um show de rap e a distribuição de um “sopão”, feito com alimentos desperdiçados de varejões.
Aguarde: a próxima Oficina Temática já está agendada para o final de junho.


WWW.OFICINADOESTUDANTE.COM.BR