• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp
  • banner aprovados

Orientação Vocacional

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Dedicação

23 de Agosto de 2010

A orientadora de carreira Daniela Leluddak fala aos leitores do portal do cursinho pré-vestibular Oficina do Estudante sobre as competências necessárias para o êxito na profissão. A coach escreve quinzenalmente sobre assuntos relacionados ao vestibular.

A necessidade de ter um diploma técnico, tecnológico, ou mesmo universitário para se ter sucesso na profissão, sem dúvida, ajuda muito as pessoas a alcançarem seus objetivos.

Uma boa formação ajuda a potencializar a análise crítica e, com isso, estimular a um desenvolvimento maior na profissão e na vida.

Todavia, muitos aspectos para o êxito na profissão não são ensinados nas academias ou nos cursos técnicos. Refiro-me a algumas competências, como: comunicação interpessoal, empatia, abertura, flexibilidade, talento para lidar com pessoas, disposição para encarar a complexidade, espírito de equipe, além de ter uma mente questionadora.

Vejo pela experiência que tenho no contato com empresários e empresas que, se você tiver uma boa formação técnica ou universitária, isto lhe ajudará bastante. Todavia, para o século 21, é esperado que você tenha as competências mencionadas acima e, se não as tiver, que as desenvolva, favorecendo e estimulando, de fato, que você tenha condições de aprender para a vida.

E como podemos desenvolver essas competências?
Segundo um artigo publicado no New York Times, no mês passado, algumas competências não são ensinadas pelas universidades. E, alertam que, nem todos os jovens têm vocação para o mundo acadêmico, tendo sim, habilidades para cursos técnicos ou cursos tecnológicos. Estar aberto para analisar isso no momento da escolha profissional pode lhe auxiliar quanto ao seu êxito no futuro.

Mas, sem dúvida nenhuma, essas e outras competências podem ser desenvolvidas pela experiência profissional, além de foco, talento e muita dedicação.

E você já escolheu qual o rumo a seguir?
Independente do que você escolha; ter foco, dedicação e investir na experiência, segundo alguns teóricos, é o que de fato poderá distingui-lo de tantos outros no século 21.

Até a próxima!

Daniela Leluddak www.caddanbrasil.org.br

Oficina do Estudante, o Cursinho de Campinas que mais aprova nos vestibulares da Unicamp, Fuvest, Unesp, UfSCar e Unifesp.

www.oficinadoestudante.com.br

A orientadora de carreira Daniela Leluddak fala aos leitores do portal do cursinho pré-vestibular Oficina do Estudante sobre as competências necessárias para o êxito na profissão. A coach escreve quinzenalmente sobre assuntos relacionados ao vestibular.

A necessidade de ter um diploma técnico, tecnológico, ou mesmo universitário para se ter sucesso na profissão, sem dúvida, ajuda muito as pessoas a alcançarem seus objetivos.

Uma boa formação ajuda a potencializar a análise crítica e, com isso, estimular a um desenvolvimento maior na profissão e na vida.

Todavia, muitos aspectos para o êxito na profissão não são ensinados nas academias ou nos cursos técnicos. Refiro-me a algumas competências, como: comunicação interpessoal, empatia, abertura, flexibilidade, talento para lidar com pessoas, disposição para encarar a complexidade, espírito de equipe, além de ter uma mente questionadora.

Vejo pela experiência que tenho no contato com empresários e empresas que, se você tiver uma boa formação técnica ou universitária, isto lhe ajudará bastante. Todavia, para o século 21, é esperado que você tenha as competências mencionadas acima e, se não as tiver, que as desenvolva, favorecendo e estimulando, de fato, que você tenha condições de aprender para a vida.

E como podemos desenvolver essas competências?
Segundo um artigo publicado no New York Times, no mês passado, algumas competências não são ensinadas pelas universidades. E, alertam que, nem todos os jovens têm vocação para o mundo acadêmico, tendo sim, habilidades para cursos técnicos ou cursos tecnológicos. Estar aberto para analisar isso no momento da escolha profissional pode lhe auxiliar quanto ao seu êxito no futuro.

Mas, sem dúvida nenhuma, essas e outras competências podem ser desenvolvidas pela experiência profissional, além de foco, talento e muita dedicação.

E você já escolheu qual o rumo a seguir?
Independente do que você escolha; ter foco, dedicação e investir na experiência, segundo alguns teóricos, é o que de fato poderá distingui-lo de tantos outros no século 21.

Até a próxima!

Daniela Leluddak www.caddanbrasil.org.br

Oficina do Estudante, o Cursinho de Campinas que mais aprova nos vestibulares da Unicamp, Fuvest, Unesp, UfSCar e Unifesp.

www.oficinadoestudante.com.br

Conheça outras atividades

Saiba Mais