Orientação Vocacional

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Calma Nessa Hora!

09 de Setembro de 2010

A orientadora de carreira Daniela Leluddak fala aos leitores do portal do cursinho pré-vestibular Oficina do Estudante sobre a véspera da escolha do curso e a insegurança dos estudantes. A coach escreve quinzenalmente sobre assuntos relacionados ao vestibular.


Esse artigo é para você que está na véspera de escolher o curso que se increverá no vestibular e que ainda não tem certeza de qual será, estou considerando este o grupo numero 1 e também é para você que já escolheu e que está um pouco apreensivo (a) com a chegada desta grande etapa na vida de todos nós, sendo este o grupo numero 2.

Se você percebe que a cabeça está pesada e um cansaço físico e mental lhe acompanham, fique você sabendo que você é normal então CALMA NESSA HORA!!

Quanto mais nervoso (a), irritado (a) e conseqüentemente desfocado (a) você estiver, a situação tende a piorar ... não é praga não ...é a pura realidade.

Vamos a algumas orientações:

Caso você esteja no Grupo 1 e que ainda não escolheu o curso, procure conversar com alguém que possa lhe ajudar nessa hora, um professor, um parente próximo, um amigo ou mesmo um orientador de carreira.

Procure e tente ordenar sua linha de pensamento com as duvidas e inseguranças (colocando-as no papel de preferência) e divida com alguém que tenha tempo e disposição em lhe ajudar.
O fato de dividir com alguém permite a nós ordenar o pensamento podendo facilitar a escolha do caminho a seguir e conseqüentemente do caminho a não seguir.
Todos passam por isso, uns com mais facilidade e outras com mais dificuldade, mas o que é necessário para ambas as situações e manter o foco e para isso é importante conversar com alguém.

Estando você no Grupo 2, entendo que já escolheu o curso que se inscreverá ou que já se inscreveu.
Estou percebendo que mesmo neste grupo o numero de estudantes reclamando de cansaço e uma expressão dita por uma estudante um dia desses não me saiu da cabeça: “a sensação que tenho é que a minha cabeça está maior que o corpo e ela vai de um lado para o outro”.

Não preciso explicar que a expressão dada pela estudante não retrata de fato a realidade visual, ou seja, a cabeça dela continua normal, mas a sensação interna é que ela esta pesando demais.
Esse é um período de muito desgaste físico e mental e a mesma recomendação dada ao Grupo 1, sugiro para esse grupo.
Primeiramente, divida essa sensação com alguém próximo, o período é este que se apresenta e a sensação de cansaço é natural afinal de contas é de fato uma maratona.

Tente relaxar alguns minutos no dia, seja no banho, ao tomar um sorvete ou mesmo escutando uma musica. Atente-se ao fato de eu não estar sugerindo que você perca muito tempo nisso, mas ao colocar no seu dia a dia essa rotina atrelada a tantas outras atividades pode lhe auxiliar a manter o foco e a concentrar-se mais.

Dividi em dois grupos a orientação neste artigo por simples didática, mas as recomendações podem ser aproveitadas para ambos os grupos e se resumem nas seguintes:
- Procure conversar com as pessoas a sua volta, busque apoio, um ombro amigo e um ouvido de plantão, faz toda a diferença e leve isso para a vida toda ... vai funcionar nos momentos mais difíceis;
- Inclua na sua rotina um momento de descontração e relaxamento, seja para escutar uma musica, para orar (você pode achar estranho, no entanto, muitos estudantes independentes da religião estão incluindo esta prática e com bons resultados), meditar, tomar um sorvete ou simplesmente fixar-se em uma paisagem agradável e tentar não pensar em nada é um caminho.
- Depois disso volte aos estudos e lembre-se esse é o começo de uma estrada longa e que apenas está começando e precisa demais do seu equilíbrio físico, mental e espiritual.
- Á propósito, você tem se alimentado bem? Inclua uma alimentação balanceada na sua rotina, segundo alguns cientistas o cérebro tende a ficar mais azeitado e com melhor funcionamento.

Passado este momento, as dicas acima devem fazer parte, também, da sua rotina para o desenvolvimento da carreira e , caso possamos nós ajudá-lo no alinhamento dos pensamentos, entre em contato, estamos aqui para ajudar pois o nosso vinculo com a Oficina do Estudante é para isso mesmo.

E lembre-se: Calma Nessa Hora!!!
Até a próxima!!!



Daniela Leluddak www.caddanbrasil.org.br


Oficina do Estudante, o Cursinho de Campinas que mais aprova nos vestibulares da Unicamp, Fuvest, Unesp, UfSCar e Unifesp.

www.oficinadoestudante.com.br

A orientadora de carreira Daniela Leluddak fala aos leitores do portal do cursinho pré-vestibular Oficina do Estudante sobre a véspera da escolha do curso e a insegurança dos estudantes. A coach escreve quinzenalmente sobre assuntos relacionados ao vestibular.


Esse artigo é para você que está na véspera de escolher o curso que se increverá no vestibular e que ainda não tem certeza de qual será, estou considerando este o grupo numero 1 e também é para você que já escolheu e que está um pouco apreensivo (a) com a chegada desta grande etapa na vida de todos nós, sendo este o grupo numero 2.

Se você percebe que a cabeça está pesada e um cansaço físico e mental lhe acompanham, fique você sabendo que você é normal então CALMA NESSA HORA!!

Quanto mais nervoso (a), irritado (a) e conseqüentemente desfocado (a) você estiver, a situação tende a piorar ... não é praga não ...é a pura realidade.

Vamos a algumas orientações:

Caso você esteja no Grupo 1 e que ainda não escolheu o curso, procure conversar com alguém que possa lhe ajudar nessa hora, um professor, um parente próximo, um amigo ou mesmo um orientador de carreira.

Procure e tente ordenar sua linha de pensamento com as duvidas e inseguranças (colocando-as no papel de preferência) e divida com alguém que tenha tempo e disposição em lhe ajudar.
O fato de dividir com alguém permite a nós ordenar o pensamento podendo facilitar a escolha do caminho a seguir e conseqüentemente do caminho a não seguir.
Todos passam por isso, uns com mais facilidade e outras com mais dificuldade, mas o que é necessário para ambas as situações e manter o foco e para isso é importante conversar com alguém.

Estando você no Grupo 2, entendo que já escolheu o curso que se inscreverá ou que já se inscreveu.
Estou percebendo que mesmo neste grupo o numero de estudantes reclamando de cansaço e uma expressão dita por uma estudante um dia desses não me saiu da cabeça: “a sensação que tenho é que a minha cabeça está maior que o corpo e ela vai de um lado para o outro”.

Não preciso explicar que a expressão dada pela estudante não retrata de fato a realidade visual, ou seja, a cabeça dela continua normal, mas a sensação interna é que ela esta pesando demais.
Esse é um período de muito desgaste físico e mental e a mesma recomendação dada ao Grupo 1, sugiro para esse grupo.
Primeiramente, divida essa sensação com alguém próximo, o período é este que se apresenta e a sensação de cansaço é natural afinal de contas é de fato uma maratona.

Tente relaxar alguns minutos no dia, seja no banho, ao tomar um sorvete ou mesmo escutando uma musica. Atente-se ao fato de eu não estar sugerindo que você perca muito tempo nisso, mas ao colocar no seu dia a dia essa rotina atrelada a tantas outras atividades pode lhe auxiliar a manter o foco e a concentrar-se mais.

Dividi em dois grupos a orientação neste artigo por simples didática, mas as recomendações podem ser aproveitadas para ambos os grupos e se resumem nas seguintes:
- Procure conversar com as pessoas a sua volta, busque apoio, um ombro amigo e um ouvido de plantão, faz toda a diferença e leve isso para a vida toda ... vai funcionar nos momentos mais difíceis;
- Inclua na sua rotina um momento de descontração e relaxamento, seja para escutar uma musica, para orar (você pode achar estranho, no entanto, muitos estudantes independentes da religião estão incluindo esta prática e com bons resultados), meditar, tomar um sorvete ou simplesmente fixar-se em uma paisagem agradável e tentar não pensar em nada é um caminho.
- Depois disso volte aos estudos e lembre-se esse é o começo de uma estrada longa e que apenas está começando e precisa demais do seu equilíbrio físico, mental e espiritual.
- Á propósito, você tem se alimentado bem? Inclua uma alimentação balanceada na sua rotina, segundo alguns cientistas o cérebro tende a ficar mais azeitado e com melhor funcionamento.

Passado este momento, as dicas acima devem fazer parte, também, da sua rotina para o desenvolvimento da carreira e , caso possamos nós ajudá-lo no alinhamento dos pensamentos, entre em contato, estamos aqui para ajudar pois o nosso vinculo com a Oficina do Estudante é para isso mesmo.

E lembre-se: Calma Nessa Hora!!!
Até a próxima!!!



Daniela Leluddak www.caddanbrasil.org.br


Oficina do Estudante, o Cursinho de Campinas que mais aprova nos vestibulares da Unicamp, Fuvest, Unesp, UfSCar e Unifesp.

www.oficinadoestudante.com.br