• banner bolsa de estudo
  • banner aprovação medicina
  • banner aprovados unicamp
  • banner aprovados

Orientação Vocacional

  • Compartilhar
  • Oficina do Estudante no Facebook
  • Oficina do Estudante no Twitter
  • Imprimir Imprimir

Dúvidas e inseguranças na escolha da profissão

18 de Dezembro de 2013

Tudo bem, escolher uma profissão é trabalhoso e, às vezes até sofrido. Esse é naturalmente um momento carregado de dúvidas e inseguranças. Mas pense de outro modo: escolher uma profissão universitária é, na verdade, um privilégio. Segundo levantamentos do IBGE, apenas 12% da população adulta brasileira tem acesso à universidade.

É hora, então, de abraçar essa oportunidade e encarar a parada. Afinal, se você não se envolver com o processo de escolha , vai acabar delegando a tarefa a alguém. E colocar o futuro nas mãos de outros pode ser uma grande roubada.

Você sabia que, numa pesquisa feita recentemente, 75% dos brasileiros disseram desejar mudar de profissão? Isso demonstra que decidir por esta ou aquela carreira não é uma decisão simples de ser tomada. Esse é, na verdade, um processo complexo, que envolve boa dose de informações sobre: as carreiras existentes, o mercado de trabalhado, a situação do mundo, você mesmo.

Sem isso, você pode acabar gastando tempo e dinheiro e colher apenas frustrações e desilusão. Portanto, nada de prestar vestibular apenas por prestar nem optar por aquela área que dá status ou pela carreira que está na moda. Não vale a pena, também, seguir a profissão do sonho de seus pais, se esse não for seu ideal pessoal.

Mitos sobre o mundo do trabalho
O Joio e o Trigo

É comum ouvir um monte de mitos e crenças sobre cada uma das profissões “Medicina é uma area maravilhosa”... “É besteira fazer Psicologia”, “É muito difícil encontrar emprego em jornalismo”, “ Direito Internacional ainda vai abrir muitas oportunidades”... É claro que todos têm o direito de emitir opiniões – pais, professores e amigos. Aprenda a ouvi-los, também, a filtrar o que ouve.

Separe o joio do trigo:

1. Verifique se a opinião vem de alguém que tenha informações atualizadas do mundo profissional, do mercado de trabalho e do dia a dia da profissão.
2. Ouça várias pessoas. Cada profissional tem uma experiência e, portanto, uma opinião própria.
3. Busque outras fontes de informação: guias, sites da Internet, jornais e revistas.
4. Visite faculdades e universidades que ofereçam os cursos pelos quais você se interessa. Não se acanhe e tente assistir uma aula.
5. Visite também o ambiente de trabalho do profissional em que você sonha se transformar. Conhecer uma fábrica, um escritório de advocacia ou uma redação de jornal pode lhe dar dicas preciosas para sua tomada de decisão.
6. Não se iluda com profissões mais fáceis ou mais difíceis. O sucesso profissional depende sempre da capacidade, suor, sendo de oportunidade e bom preparo, entre outros fatores.


Tudo bem, escolher uma profissão é trabalhoso e, às vezes até sofrido. Esse é naturalmente um momento carregado de dúvidas e inseguranças. Mas pense de outro modo: escolher uma profissão universitária é, na verdade, um privilégio. Segundo levantamentos do IBGE, apenas 12% da população adulta brasileira tem acesso à universidade.

É hora, então, de abraçar essa oportunidade e encarar a parada. Afinal, se você não se envolver com o processo de escolha , vai acabar delegando a tarefa a alguém. E colocar o futuro nas mãos de outros pode ser uma grande roubada.


Você sabia que, numa pesquisa feita recentemente, 75% dos brasileiros disseram desejar mudar de profissão? Isso demonstra que decidir por esta ou aquela carreira não é uma decisão simples de ser tomada. Esse é, na verdade, um processo complexo, que envolve boa dose de informações sobre: as carreiras existentes, o mercado de trabalhado, a situação do mundo, você mesmo.

Sem isso, você pode acabar gastando tempo e dinheiro e colher apenas frustrações e desilusão. Portanto, nada de prestar vestibular apenas por prestar nem optar por aquela área que dá status ou pela carreira que está na moda. Não vale a pena, também, seguir a profissão do sonho de seus pais, se esse não for seu ideal pessoal.


Mitos sobre o mundo do trabalho
O Joio e o Trigo

É comum ouvir um monte de mitos e crenças sobre cada uma das profissões “Medicina é uma area maravilhosa”... “É besteira fazer Psicologia”, “É muito difícil encontrar emprego em jornalismo”, “ Direito Internacional ainda vai abrir muitas oportunidades”... É claro que todos têm o direito de emitir opiniões – pais, professores e amigos. Aprenda a ouvi-los, também, a filtrar o que ouve.

Separe o joio do trigo:

1. Verifique se a opinião vem de alguém que tenha informações atualizadas do mundo profissional, do mercado de trabalho e do dia a dia da profissão.
2. Ouça várias pessoas. Cada profissional tem uma experiência e, portanto, uma opinião própria.
3. Busque outras fontes de informação: guias, sites da Internet, jornais e revistas.
4. Visite faculdades e universidades que ofereçam os cursos pelos quais você se interessa. Não se acanhe e tente assistir uma aula.
5. Visite também o ambiente de trabalho do profissional em que você sonha se transformar. Conhecer uma fábrica, um escritório de advocacia ou uma redação de jornal pode lhe dar dicas preciosas para sua tomada de decisão.
6. Não se iluda com profissões mais fáceis ou mais difíceis. O sucesso profissional depende sempre da capacidade, suor, sendo de oportunidade e bom preparo, entre outros fatores.

Conheça outras atividades

Saiba Mais